Mais uma árvore arrancada em Botafogo

Botafogo acompanha a dramática remoção das árvores do bairro questionando até onde elas realmente são necessárias.
Árvore rua Dezenove de Fevereiro, Botafogo.

Árvore após o corte (foto: reprodução / Facebook)

Moradores de Botafogo vem acompanhando, angustiados, a remoção ininterrupta de árvores no bairro. Voluntários da Pátria, São Clemente, Dona Mariana, Praia de Botafogo… nenhuma rua parece estar livre da remoção das suas árvores, que a cada ano tem seu número reduzido. O episódio mais recente ocorreu na rua Dezenove de Fevereiro em frente ao número 65, onde mais uma árvore foi removida.

Nas redes sociais da Comlurb, empresa responsável pelas podas, moradores reclamaram da retirada da árvore, mas a empresa respondeu que somente realiza remoções quando as árvores estão mortas, em risco de queda ou com comprometimento fitossanitário, e que este manejo é realizado após vistoria e laudo técnico de engenheiro florestal ou agrônomo (da própria empresa). Leia a íntegra da resposta:

“A Comlurb só faz o serviço de manejo arbóreo após vistoria e laudo técnico fornecido por engenheiros florestal ou agrônomo da Companhia. Todos os garis que atuam nesta área são habilitados para o manejo arbóreo e de equipamentos para realização do trabalho, através de cursos com engenheiros agrônomos e florestais. Todos os serviços são feitos com a orientação desses profissionais.

A Companhia só remove árvores mortas (secas) e em situação de risco de queda em razão de inclinação ou comprometimento fitossanitário, com alguma praga ou doença.”

Árvore rua Dezenove de Fevereiro, Botafogo.

A árvore após a poda da Comlurb (foto: reprodução / Facebook)

Os moradores discordam e afirmam que a árvore era saudável e que se havia um desequilíbrio que pudesse ocasionar uma queda, este se deveu ao próprio trabalho de poda realizado pela Comlurb dois meses antes.

“A árvore estava tão saudável que para destoca-la tiveram que cavar mais de 2 metros de profundidade. Se a árvore ficou desequilibrada foi por culpa da própria poda porcamente feita. Tenho fotos da poda absurda a qual encaminhei para o Marcelo Maywald“, escreveu um dos moradores na página da empresa no Facebook.

O que diz a prefeitura?

Segundo a Fundação Parques e Jardins – FPJ, em seu site, “a solicitação de remoção de árvores em áreas públicas ou privadas motivada por obras diversas (demolição, construção, modificação com acréscimo etc) deve ser encaminhada a Subsecretaria Municipal de Meio Ambiente. Nos demais casos, a remoção de árvores em áreas públicas são executadas pela Companhia Municipal de Limpeza Urbana – COMLURB (Decreto nº 28.981/2008)”. Mas não esclarece quais critérios são observados e nem fornece qualquer informação mais detalhada sobre o assunto.

O que diz a Comlurb?

A redação do Botafogo RJ entrou em contato com a Comlurb para que ela pudesse se pronunciar a respeito além de solicitar o laudo técnico que sustentava a remoção da árvore. A empresa nos respondeu informando que a árvore da rua Dezenove de Fevereiro apresentava “inclinação sugestiva”, levantamento da calçada no lado oposto da inclinação, fuste constantemente impactado por veículos, dentre outros itens que tornavam a necessidade de remoção imediata.

Abaixo a resposta da Comlurb na íntegra seguida do laudo:

“Segue o laudo técnico, em anexo, que indicou a remoção do vegetal na Rua Dezenove de Fevereiro, em Botafogo, em 24/09: VEGETAL COM INCLINAÇÃO SUGESTIVA DE MOVIMENTAÇÃO DO TORRÃO DO SOLO, CAVIDADE APARENTE MENOR QUE 30% DA CIRCUNFERÊNCIA, FUSTE CONSTANTEMENTE IMPACTADO POR VEÍCULOS. COPA NÃO EQUILIBRADA. O MESMO ENCONTRA-SE INSTÁVEL E EM RISCO IMINENTE DE QUEDA. ALÉM DA COPA DESEQUILIBRADA, OBSERVOU-SE A PRESENÇA DO LEVANTANDO DA CALÇADA DO LADO OPOSTO A INCLINAÇÃO. SUA REMOÇÃO DEVERÁ SER IMEDIATA! ***APOIO DE ORDENAMENTO DO TRÂNSITO***

Mensalmente, a Comlurb envia para a Fundação Parques e Jardins (FPJ) a relação de endereços onde são efetuadas remoções e destocas (retirada do tronco) para que a Fundação analise a possibilidade e providencie o replantio.”

Comlurb laudo remoção árvore

Laudo técnico enviado pela Comlurb para a remoção da árvore (foto: Comlurb)

As remoções continuam…

Mas se justificadamente, ou não, há uma regular remoção das árvores sem uma contra partida de novos plantios, podemos esperar para os próximos anos além de um bairro mais quente, também mais feio e empobrecido.

Árvore sendo removida na Voluntários da Pátria, Botafogo, frente a Cobal.

Funcionários da Comlurb removendo outra árvore, em Janeiro de 2020 em frente a Cobal (foto: reprodução / Facebook)

Árvore removida em edifício da rua das Palmeiras, Botafogo.

Prática comum; no dia desta publicação, um edifício da rua das Palmeiras removia uma árvore no seu terreno (foto esquerda: Google / foto direita: Botafogo RJ)

Remoção árvore rua Dona Mariana, Botafogo, condomínio IVO.

Remoção da enorme árvore que ficava no terreno da Clínica Ivo Pitanguy, na rua Dona Mariana, para construção do empreendimento Ivo (foto: reprodução / Facebook)