Grupo Estação exibe, online e de graça, 180 filmes do cinema nacional

Festival Estação Virtual, apresenta títulos produzidos desde a inauguração do Estação Botafogo, em 1985.

Andréa Beltrao em “Pequeno dicionário amoroso” de 1996 (foto: divulgação)

Durante três semanas o Festival Estação Virtual – 35 anos do Cinema Brasileiro vai exibir 180 produções online, entre curtas médias e longas dos mais diversos temas. São filmes que foram relevantes na história do Estação Botafogo e do Cinema Brasileiro.

A diretora executiva do grupo, Adriana Rattes, explicou ao O Globo que a mostra resgata filmes que marcaram não só a história do cinema nacional, mas também a da própria sala de exibição da Rua Voluntários da Pátria, que formou gerações de cinéfilos.

“Quando inauguramos, Botafogo não era esse bairro hypado. E viramos esse cinema supercult, com programações intensas, cheio de gente jovem, artistas. A ideia era contar a história desse período por meio de filmes exibidos ali”,  diz Adriana, que divide a curadoria da mostra com Cavi Borges, Bebeto Abrantes, Fabrício Duque, Luiz Eduardo Pereira de Souza, Liliam Hargreaves e Anna Fabry.

Para abrir o festival, nesta quinta (06/05), o diretor e fotógrafo Walter Carvalho é o convidado da Live do Estação, comandada por Lully de Verdade e será exibida no Instagram (instagram.com/estacaonetdecinema).

O festival é uma realização do Circuito Estação NET de Cinema em parceria com a Cavideo, copatrocinio do Canal Brasil (responsável pela maior parte das parcerias entre TV e cinema do país) e patrocínio da Lei Aldir Blanc / Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa / Governo Federal.

As exibições serão feitas pela plataforma Vimeo, no endereço (vimeo.com/estacaovirtual) e a programação completa pode ser vista no site grupoestacao.com.br.

Botafogo RJ

Somos um jornal de bairro que traz informações úteis ao morador de Botafogo.

Postagens do autor