Onde estão as lixeiras de Botafogo?

lixeira papeleira botafogo rio de janeiro

Uma das papeleiras sobreviventes (foto: Felipe Almeida / Botafogo RJ)

Onde estão as lixeiras de Botafogo? Aliás, onde estão as lixeiras do Rio de Janeiro? Eu ando quarteirões em busca de uma “laranjinha” e pelo caminho vou encontrando os postes vazios.

Fui buscar informações e descobri que o nome da tal lixeira laranja é na verdade “papeleira”. Não me recordo o ano em que elas foram implantadas (busquei e não encontrei, se você souber ficarei grato se me informar), talvez anos 90, mas lembro que todas as ruas tinham uma. O esforço fazia parte de um movimento de reeducação que envolvia campanhas e até multa. Sim, a população jogava o lixo em um lugar inusitado… o chão.

Mas de lá pra cá as papeleiras tem sumido. Primeiro lentamente e nos últimos anos rapidamente.

O ex-prefeito Marcelo Crivella disse certa vez que é impressionante o número de latas de lixo perdidas todos os dias na cidade; seja pelo vandalismo, seja por moradores que (acreditem) as roubam para usar como baldes de gelo

A Comlurb faz reposições regulares, mas são claramente insuficientes. Segundo ela, de 500 a 600 papeleiras são danificadas mensalmente – cada uma, se preservada, pode durar até 5 anos.

O site da Prefeitura diz que no início deste ano foram feitas reposições e instalações de novas papeleiras em diversos pontos da cidade, incluindo Botafogo. Eu não percebi essas “reposições e instalações”, mas posso apenas não ter visto. Você viu?

Novo modelo

Em 2019 a Comlurb instalou 21 papeleiras de um novo modelo no Méier, na zona norte. O equipamento, mais resistente e fixo, inibiria o vandalismo e o furto, que são fatores responsáveis por até 25% da perda das papeleiras da cidade. Elas são maiores, com 1m altura e 40cm de profundidade, cabendo o dobro de resíduos das papeleiras atuais.

São feitas com chapas galvanizadas e emborrachadas a partir da reutilização de sobras e chumbadas no chão para não serem removidas. Somente o gari, com uma chave própria, consegue abrir o equipamento e retirar o cesto interno para remoção dos resíduos.

Aparentemente o projeto não avançou.

Pedido de instalação online

A Prefeitura mantém uma página na internet, que pelo que entendi é em parceria com a Comlurb, onde os usuários podem solicitar a instalação de uma papeleira mediante “análise de viabilidade”. O prazo é de 5 dias. Pois bem, fiz o pedido no dia 10/05 e fiz a solicitação para a minha rua, onde, no trecho em que moro, nada menos do que 4 papeleiras sumiram e nunca foram repostas. Tá aí o status do meu pedido, retirado hoje do site.

Status do meu pedido da “instalação de papeleira”.

Até hoje, 15 dias depois, não recebi retorno ou providência.

Vou continuar aguardando.

Felipe Almeida

Empreendedor, pai e pisciano. Trabalha com design e gosta de comer pastel na feirinha da Paulo Barreto.

Postagens do autor
Escreva um comentário